Nota de pesar pelo falecimento do desembargador Antonio Jayme Boente
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 09/04/2022 12:51

O  Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro comunica, com grande pesar,  o falecimento, aos 62 anos, do desembargador Antonio Jayme Boente, ocorrido na manhã deste sábado (9/4).

Com  assento efetivo na 1ª Câmara Criminal, o magistrado ingressou na Magistratura em 1991 e trilhou brilhante carreira no Judiciário fluminense. Foi presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), atuou na  Coordenadoria dos Juizados Especiais Criminais, com atenção voltada para eventos de grande porte e na área esportiva, e também do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, além de ter presidido a Comissão de Segurança Institucional do Poder Judiciário, encarregada de elaborar plano de proteção a juízes e servidores em situação de risco. 

Bacharel em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) em 1985, Antonio Jayme Boente atuava na 1ª Câmara Criminal desde 2011, onde era conhecido por seu pragmatismo, com entendimento  que o Direito deve ser dinâmico para cumprir bem sua missão.