Homenagem ao Servidor Público: profissional que une esforços para atender à sociedade
Notícia publicada por DECCO-SEDIF em 28/10/2020 12:16

Desde 1937 que, em 28 de outubro, comemora-se o dia do servidor público e, neste ano de 2020, extremamente árduo para todos nós, não será diferente.

As datas comemorativas são concebidas como uma oportunidade de celebração e, também, como um momento oportuno para reflexão. Nesse caso, uma parada em nosso cotidiano para pensar sobre o significado do serviço público.

Desde o mês de março que enfrentamos o novo coronavírus, protagonista da pandemia Covid-19, geradora de uma crise de extrema singularidade e de significativos impactos sociais, primordialmente na saúde, tanto física quanto mental, e na economia. As crises, sejam eventos individuais ou coletivos (como é o caso), representam uma quebra de estabilidade, uma ruptura com o que é conhecido. Em termos psíquicos, segundo Sasso(1):

“A crise foi definida por Caplan (1980) como sendo o que ocorre quando uma
pessoa,  face a um obstáculo aos seus objetivos importantes de vida, não consegue superá-lo com a utilização de seus métodos usuais de resolução de problemas.” (Grifo próprio).

Nesse sentido, os servidores públicos, tanto no Brasil quanto em diversas partes do mundo, demonstraram que, mesmo impossibilitados de atuarem nos moldes cotidianos, foram resilientes e hábeis em encontrar novas soluções. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)  revela em seu website(2)  como as forças de trabalho do setor público foram competentes em se adaptar a esse insólito contexto, aprendendo a usar novas tecnologias “on-the-go”, ou, como dizemos por aqui no Brasil, “Trocar o pneu com o carro andando”, sendo capazes de conciliar procedimentos e processos antigos a ferramentas até então pouco conhecidas, tendo adotado, entre outras ações, o trabalho remoto de uma forma muito célere e efetiva. Para a OCDE é hora de celebrar o valor do serviço público2:

“[...] os servidores públicos são heróis nesta crise. Eles mantêm os sistemas médicos funcionando, as famílias em segurança, encontram novas maneiras de lidar com impactos econômicos e sociais sem precedentes, mantendo as empresas em funcionamento e lidando com severos picos de desemprego.”

Nessa perspectiva, cabe destacar os resultados alcançados pelos servidores do TJRJ durante essa pandemia, tendo sido expedidas 1.491.761 sentenças, 1.446.475 decisões, 3.930.398 despachos e 43.365.640 atos cumpridos por servidores. Uma produção que, se somada, passa de 50 milhões de movimentações (50.234.274).  Para conhecer melhor, acesse Produção TJRJ - RDAU.

Aos servidores públicos, o nosso reconhecimento. PARABÉNS!

 

Referências:

  1. SASSO, G. T. M. Dal. A crise como uma oportunidade de crescimento para a família que enfrenta uma doença aguda – um desafio para a enfermagem.  Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde - Dissertação, 1994.
  2. OCDE - Servidores públicos e a pandemia de coronavírus (COVID-19): respostas emergentes e recomendações iniciais, 2020. Disponível em http://www.oecd.org/coronavirus/policy-responses/servidores-publicos-e-a-pandemia-de-coronavirus-covid-19-respostas-emergentes-e-recomendacoes-iniciais-9f2bd471/.

 

HA/CHC