Serviço de Aplicações Orientadas a Serviços - SEAOS

O Serviço de Aplicações Orientadas a Serviços, da Divisão de Projeto e Arquitetura de Sistemas, tem as seguintesatribuições:

a) definir o barramento de serviços disponibilizados pela DGTEC para usuários internos e externos;

b) negociar com os órgãos externos quais serão os serviços disponibilizados e as suas características, visando a reutilização deserviços por órgão com necessidades semelhantes;

c) controlar as diferentes versões de serviços, de forma a viabilizar a disponibilização de novas funcionalidades, sem descontinuaçãoimediata dos serviços em utilização;

d) definir padrões de desenvolvimento de serviços para garantir a aplicação de normas e melhores práticas relacionadas à segurançada informação, evitando acessos não autorizados às informações do PJERJ;

e) elaborar o modelo lógico de dados utilizados pelos serviços;

f) elaborar o modelo físico de dados utilizados pelos serviços;

g) elaborar diagramas de atividades, de máquina de estados, de sequência, de componentes e outros artefatos da disciplina dedesign e arquitetura relacionados à arquitetura SOA (Service-orientedarchitecture);

h) documentar as interfaces dos serviços para permitir o desenvolvimento dos sistemas dos órgãos conveniados e demais usuáriosdos serviços;

i) estruturar as classes e componentes da aplicação, bem como o inter-relacionamento entre estes;

j) conhecer e utilizar os padrões de interoperabilidade adotados pelos órgãos do governo, especialmente do Poder Judiciário (ModeloNacional de Interoperabilidade ¿ MNI) e e-Ping, dentre outros;

k) aprovar artefatos elaborados por empresas contratadas, com foco nos aspectos técnicos da solução apresentada;

l) registrar não conformidades nos artefatos elaborados por empresas contratadas para posterior avaliação do atingimento dos níveismínimos de serviço exigidos.