Tribunal Pleno homenageia desembargador Antonio Jayme Boente
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 11/04/2022 15:16

Na abertura da sessão do Tribunal Pleno desta segunda-feira (11/4), os desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro prestaram uma homenagem especial ao desembargador Antonio Jayme Boente, que morreu no último sábado (9/4) vítima de um infarto fulminante.

“Ao iniciar os trabalhos, gostaria de prestar uma homenagem especial ao nosso querido desembargador Antonio Jayme Boente, que tão prematuramente nos deixou. Um querido amigo de todos nós, um exemplo de magistrado, não tinha rusgas ou problemas de relacionamento, sempre com um sorriso amável para todos”, afirmou o presidente do TJRJ, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira. Em seguida, foi feito um minuto de silêncio. 

Com assento efetivo na 1ª Câmara Criminal, o magistrado ingressou na Magistratura em 1991 e trilhou brilhante carreira no Judiciário fluminense. Foi presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), atuou na Coordenadoria dos Juizados Especiais Criminais, com atenção voltada para eventos de grande porte e na área esportiva, e também do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, além de ter presidido a Comissão de Segurança Institucional do Poder Judiciário, encarregada de elaborar plano de proteção a juízes e servidores em situação de risco. 

Bacharel em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) em 1985, Antonio Jayme Boente atuava na 1ª Câmara Criminal desde 2011, onde era conhecido por seu pragmatismo, com entendimento  que o Direito deve ser dinâmico para cumprir bem sua missão.

SP/MB