Vara da Infância, da Juventude e do Idoso de São Gonçalo promove primeira edição do projeto Reciprocidarte
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 27/05/2022 21:08

Alunos da Escola Municipal Paulo Reglus Freire, localizada no Município de São Gonçalo, visitaram no dia 13 de maio a Instituição de Acolhimento Lar das Acácias, com sede no mesmo município. A visita inaugurou o Projeto Reciprocidarte na Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da Comarca de São Gonçalo. A ação foi coordenada pela juíza Juliane Beyruth, titular da vara e membro da Comissão de Articulação de Programas Sociais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (COAPS). 

O projeto, criado pela juíza Vânia Mara, titular da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da Comarca de Teresópolis, objetiva desenvolver um intercâmbio entre crianças das escolas situadas na cidade e os idosos das instituições de acolhimento, através da promoção de diversas atividades culturais de convivência. 

Em razão do êxito alcançado na Comarca de Teresópolis, o projeto despertou a atenção da Comissão de Articulação de Programas Sociais do TJRJ (COAPS). Agora, por iniciativa da Comissão, o projeto está sendo estendido para outras varas de diferentes comarcas no estado.  

Na visita ao Lar das Acácias, os alunos cantaram para os idosos a música “Laços”, dos compositores Nando Reis e Ana Vilela. Em seguida, uma aluna recitou o poema “O Tempo”, do escritor Mário Quintana.  

Comovida com a apresentação, uma das senhoras  retribuiu o carinho das crianças e também cantou uma música para elas. No final, os alunos apresentaram passos de danças para os idosos, encerrando as apresentações culturais, entoando um “Parabéns Pra Você” coletivo para comemorar a inauguração do projeto em São Gonçalo.

“É um projeto que faz bem a todos os envolvidos, na medida em que estimula a autoestima, a alegria e a autonomia dos idosos, ao mesmo tempo em que desperta e sensibiliza crianças e adolescentes para a temática da terceira idade. Foi uma tarde de muita alegria e, principalmente, de muitas emoções. Esperamos que outras varas também tenham interesse de conhecer o projeto. Será um prazer compartilhar a nossa experiência com os colegas”, afirmou a juíza Juliane Beyruth. 

Além da juíza Juliane Beyruth, o evento de inauguração do projeto em São Gonçalo contou com a presença da diretora da Escola Municipal Paulo Freire, Ana Paula Soares Botelho de Andrade; da coordenadora do Lar das Acácias, Cássia Regina da Rocha Souza; do Subsecretário Municipal de Educação, Maurício Nascimento de Almeida; da juíza auxiliar, Cristina Quinto, e do setor de Comissariado da Vara, dentre outros.

JM/FS